segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Desenganos da vida profissional metaforicamente

É a Educação, Fábio, nesta vida,
Palavra que, no discurso tão lisonjeada,
De políticos mil, com ambição dourada,
Aparece vistosa, jamais é reprimida.

É ideia que, seriamente discutida,
Em muitos livros consta exaltada,
Na Academia chega até a ser louvada,
Por ela teóricos capazes são de dar a vida.

É política, enfim, que em breve ligeireza,
Com promessa de mudança dadivosa,
Propagandas faz, medidas preza.

Mas ser palavra, ideia, política generosa,
De que importa se a aguarda, sem defesa:
O vazio de falácia criminosa?

Nenhum comentário:

Postar um comentário